instalando o vlc no slackware 12.1

para ouvir o áudio que gisa gravou, instalei o vlc no slackware. através do wget baixei o pacote do programa e um plugin pro mozilla firefox:

root@computador:~# wget http://slackware.org.uk/3rd-party/alien/restricted_slackbuilds/vlc/pkg/12.1/vlc-0.9.8a-i486-1alien.tgz

root@computador:~# wget http://slackware.org.uk/3rd-party/alien/restricted_slackbuilds/vlc/pkg/12.1/vlc-mozplugin-0.9.8a-i486-1alien.tgz

e, finalmente, para instalar o vlc:

root@computador:~# installpkg vlc

Anúncios

instalando o unrar no slackware 12.1

na última sexta-feira, dia 20, houve um debate organizado pela frente estadual contra a criminalização das mulheres e pela legalização do aborto na ufpe. pedi a uma amiga que gravasse o áudio (obrigada, gisa!) para acompanhar a discussão, já que não pude comparecer.

ontem recebi o arquivo em formato .rar e precisei instalar o pacote unrar. primeiro o baixei via terminal através do wget:

usuario@computador:~$ wget http://www.rarlab.com/rar/unrar-3.7.8-i486-1stc_slack12.1.tgz

em seguida, usei o installpkg:

root@computador:~# installpkg unrar-3.7.8-i486-1stc_slack12.1.tgz

e para extrair o arquivo:

usuario@computador:~$ unrar e arquivo.rar

instalando o modem 3g d301 (claro) no slackware 12.1

hoje seu colega passou as coordenadas para usar o modem 3g d301 da claro no slackware 12.1. ele usou um tutorial do Breier (slackbr.org) e postou no blogue.

a primeira coisa a fazer é instalar o claro3g-0.1-i686-lab.tgz com o installpkg, responsável pela instalação de pacotes binários locais no Slackware e distribuições compatíveis:

root@computador:~# installpkg claro3g-0.1-i686-lab.tgz

em seguida, conecte o modem à porta usb do seu computador. teoricamente já há conexão, é só digitar “wvdial” no terminal para testar. porém devido a um problema com o servidor dns, que não é carregado automaticamente pelo modem, é preciso editar o /etc/ppp/options e acrescentar a seguinte linha:

ipcp-max-failure 30

agora sim, a conexão deverá ser estabelecida. abra o terminal e digite “wvdial” (com permissão de root). se tudo der certo, aparecerão certos dados como IP e DNS.

rapelay: estupro e aborto

rapelay1

em Yokohama, Japão, uma empresa chamada Illusion desenvolve games eróticos, os chamados eroges. um deles, o “Rapelay“, tem gerado muita polêmica porque simula uma situação de estupro seguido de aborto. a mãe e suas duas filhas virgens – uma de 10 e outra de 16 anos – são molestadas e abusadas sexualmente dentro de um metrô. depois do ataque, o jogador/estuprador deve fazer com que suas vítimas abortem, caso contrário, será arremessado do vagão. quando jogado em rede, permite que vários gamers violentem a mesma personagem fazendo uma apologia à violência e coisificação das mulheres em vários níveis e reforçando a idéia de submissão por meio de representações humilhantes.

o que você pensa sobre o jogo rapelay?

debate sobre descriminalização das mulheres e legalização do aborto – CFCH

a frente estadual contra a criminalização das mulheres e pela a legalização do aborto convida a professores, estudantes, movimentos sociais e o público em geral para participar do debate sobre “Descriminalização das mulheres e Legalização do aborto”, no dia 20 de março, a partir das 14h, no Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFPE.

convite_debate

(clique na imagem para ampliar)

blogagem coletiva sobre Ada Lovelace, 24 de março

ada

o Dia de Ada Lovelace é um dia internacional de blogagem coletiva para chamar atenção as mulheres que se destacaram na tecnologia. a maior parte da contribuição feminina passa constantemente desapercebida, suas inovações raramente são mencionadas. a intenção da comemoração é que você conte ao mundo sobre essas heroínas: inovadoras, empresárias, administradoras de sistemas, designers, desenvolvedoras de jogos, especialistas em hardware, jornalistas tech, consultoras tech: a lista de carreiras não acaba.

quero participar!

tudo que você precisa fazer é prometer (vale a pena ver as promessas brasileiras do sistema!), escolher sua heroína e publicar um post a qualquer hora do dia 24 de março de 2009, terça-feira. não importa se o seu blog é novo ou antigo, ou sua língua, ou sobre o que você escreve, todos estão convidados! para reunir tudo sobre a data, é só usar estas tags:

delicious, technorati: AdaLovelaceDay09

tuíter, identi.ca: #ald09

fique por dentro!

há uma conta no tuíter, uma lista, sinta-se livre para seguir, subscrever e adicionar ao seu leitor RSS, como você desejar.

quem foi Ada Lovelace?

Ada Lovelace é considerada a primeira programadora de toda a história. filha legítima do poeta Lord Byron, nasceu em 10 de dezembro de 1815 e viveu uma vida modelo para as senhoras da corte inglesa do começo do século XIX. casada aos 20 anos, assumiu o nome do marido e o título de condessa tornando-se a Condessa de Lovelace, a Sra. Augusta Ada King. e com o nome de Ada Lovelace entrou para a história como a primeira mulher programadora. durante um perído de 9 meses entre os anos de 1842 e 1843, criou um algoritmo para o cálculo da sequência de Bernoulli usando a máquina analítica de Charles Babbage. Ada foi uma das poucas pessoas que realmente entendeu os conceitos envolvidos no projeto de Babbage e durante o processo de tradução de um paper italiano sobre o projeto de Babagge incluíu algumas notas de tradução que constituem o primeiro programa escrito na história da humanidade. em 1980, o Departamento de Defesa dos EUA homenageou Ada ao registrar a linguagem de programação Ada, que é baseada em PASCAL. Ada faleceu aos 36 anos, de câncer no útero, deixando dois filhos e uma filha. em 1953, quase cem anos depois da sua morte, a máquina analítica de Babbage foi redescoberta e seu projeto juntamente com as notas de Ada entraram para história como o primeiro computador e software, respectivamente.

[fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ada_Lovelace]

falando nisso…

meninas, querem ganhar um poster da Ada Lovelace? a revista Inkling está promovendo um concurso que será julgado por Annalee Newitz e Charlie Anders, editores do livro “She´s such a geek! Women Write About Science, Technology, and Other Nerdy Stuff”. para participar é só enviar uma foto provando que são nerds de verdade. :)

outras mulheres:

  • Donna Haraway: escreveu o manifesto que marca as fronteiras e cruzamentos entre corpo e máquina;
  • Sadie Plant: diretora da “Cybernetic Culture Research Unit” Universidade de Warwick/UK e autora do livro “Zeros + Ones : Digital Women + the New Technoculture” em que descreve a internet e outras tecnologias como essencialmente femininas. também escreveu o  “Manifiesto de la Zorra Mutante”;
  • Sarah Flannery: em 1999, ela tinha 16 anos quando recebeu o prêmio “Jovem Cientista do Ano”, na Irlanda, pelo seu trabalho sobre criptografia na Internet. atualmente, estuda na Universidade de Cambridge/EUA.
  • Grace Hooper: analista de sistemas da marinha americana nas décadas de 40 e 50. ela criou a linguagem de programação FLOW-MATIC, que serviu como base para a criação do COBOL.
  • VNS Matrix: grupo que escreveu o manifesto ciberfeminista para o século XXI
  • Jude Milhon: a “santa padroeira” dos hackers. foi uma conceituada programadora de Sistemas de Informação. “as garotas precisam de modems”, disparou ela numa entrevista concedida em fevereiro de 1995 à revista Wired. faleceu em 2003.

sticker_girls_need_modems

fonte: http://wakka.midiatatica.info/wikka.php?wakka=PioneirasTecnologia

III Encontro de Software Livre – Paraíba

3ensol

O Encontro de Software Livre da Paraíba é um evento organizado pelos grupos G/LUG-PB e PSL-PB. Em 2009, o III Encontro de Software Livre da Paraíba – III ENSOL/PB, Liberdade no Extremo, ocorrerá nos dias de 19, 20 e 21 de junho, na Estação Ciência, Cultura e Artes Cabo Branco, em João Pessoa – PB, esta que já se tornou um marco dos eventos culturais de João Pessoa e também um ponto turístico pelo traço arquitetônico inconfundível de Oscar Niemeyer.

O temário do evento está dividido em sete macrotemas, sendo eles: Ecossistema do Software Livre, Desenvolvimento, Segurança, Governo, Educação, Negócios e Inclusão Digital e Social. Assim abordaremos praticamente todas as áreas do uso de Software Livre, permitindo que todas as partes da sociedade tragam novidades, produtos e experiências para o grande debate.

Serão três dias de evento. Mais de quarenta palestras. Convidados internacionais e claro, os monstros sagrados do Software Livre nacional. Participe!

Não perca os prazos!
Submissão de trabalhos: de 13/03 a 3/05
Seleção dos trabalhos: de 04/05 a 15/05
Revisão e ajustes: de 16/05 a 24/05
Contato e confirmação de participação: de 24/05 a 31/05