pydev: python rodando no eclipse 3.4 – Ubuntu 8.04

nesta última terça-feira comecei a estudar programação de verdade: seu colega me passou uma apostila introdutória sobre lógica de programação e um linque com exercícios de python.

pra início de conversa, instalei o eclipse, uma IDE (‘ambiente de desenvolvimento integrado’, no bom e velho português)  pra desenvolvimento em plataforma Java. Visitei o site e vi que lá tem uma versão mais atual do que a disponível no apt-get. baixei, desempacotei, procurei um makefile e me desesperei porque não achei perguntei: ‘e agora, José?’

Cel explicou o que acontece com o eclipse: ele não é instalado. na verdade, ele se integra a uma máquina virtual, responsável por carregar e executar todos os aplicativos Java, e não a um sistema operacional, como acontece com outros programas. essa máquina virtual (JVM) interpreta os chamados bytecodes, uma forma intermediária de código que pode ser executada em qualquer plataforma.

meio confuso, né? bom, como diz o ditado popular, uma imagem vale mais do que mil palavras:

tá, mas como eu faço pra não-instalar e usar o eclipse na minha máquina?

depois de baixar, desempacotei:

tar xvzf eclipse-SDK-3.4.1-linux-gtk.tar.gz

e precisei redirecionar o executável do eclipse pro menu. foi simples! abri o terminal e digitei “alacarte” para abrir o Menu Principal, escolhi a aba “programação” para o programa (mas pode ser em qualquer outra), cliquei em “Novo item”, nomeei “eclipse”, selecionei o executável que estava dentro da pasta do eclipse e coloquei o caminho em “Comando”. é possível adicionar o ícone também! baixei o .svg, salvei e redirecionei. dei “Ok” e voilá!

agora vamos conigurá-lo pro python usando o plugin Pydev!

abri o eclipse, fuiem Help > Software updates. na aba “Avaliable software”, cliquei em “Add Site” e digitei o endereço do Pydev (http://pydev.sourceforge.net/updates/), cliquei em “Ok” e esperei o linque ser carregado. ATENÇÃO: na parte inferior, deixe o primeiro checkbox (“Show only the latest versions of available software“) marcado, enquanto o segundo (“Include items that have already been installed”), deve estar desmarcado. depois marquei os checkboxs “Pydev” e “Pydev Optional Extensions”, dentro de “http://pydev.sourceforge.net/updates/”.cliquei em “Install”, em seguida, em “Next”, aceitei a licença e finalizei o processo.

após o fim da instalação, o plugin Pydev deve ser ativado. para isso, fui em Window > Open Perspective > Other e lá selecionei “Pydev”. para abrir um arquivo .py, cliquei  em File > New > Project e selecionei o Pydev e “Next”. escolhi um nome e o tipo do projeto, que depende do python instalado na máquina.

Anúncios

instalação do cinelerra no ubuntu 8.04

o cinelerra é um editor não-linear de vídeo licenciado sob a GPL. como ele não vem por padrão no ubuntu, temos que adicioná-lo nos repositórios:

nome@máquina:~$ sudo nano /etc/apt/sources.list

então, é só acrescentar a seguinte linha:

deb http://akirad.cinelerra.org akirad-hardy main

em seguida, para adicionar a chave de autenticação:

nome@máquina:~$ wget -q http://repository.akirad.net/dists/akirad.key -0- | sudo apt-key add –

para atualizar o repositório, usamos:

nome@máquina:~$ sudo apt-get update

e antes de instalamos o cinelerra, temos que escolher qual versão é mais apropriada. são cinco:

cinelerra (x86 e x86 64 sem placa de vídeo opengl 2.0);
cinelerra-generic (todos os x86 e x86 64 com placa de vídeo opengl 2.0);
cinelerra-k7 (amd32 sem placa de vídeo opengl 2.0);
cinelerra-k7gl (amd32 com placa de vídeo opengl 2.0);
cinelerra-k8 (amd k8 otimizado com placa de vídeo opengl 2.0)

pra minha máquina, escolhi a -k7gl e instalei com:

nome@máquina:~$ sudo apt-get install cinelerra-k7gl

agora é só diversão. ;)

pretendo dar uma estudada no cinelerra. quando tiver mais novidades, posto aqui.

update: vale dar uma conferida nos vídeos-tutoriais produzidos por leo germani.

da série ‘zica na gambiarra’: codecs para áudio e vídeo no ubuntu 8.04

ontem precisei reinstalar o sistema, que tava todo bagunçado: teclado sem funcionar no login, problema com o driver de vídeo, programas dando pau… a tarde não foi mais traumática porque meus arquivos estavam intactos!

resolvi começar pelos codecs de áudio e vídeo. abri o terminal e digitei:

nome@máquina:~$ sudo apt-get install ubuntu-restricted-extras sun-java6-fonts cpdvd faac faad ffmpeg flac gstreamer0.10-ffmpeg

nome@máquina:~$ sudo apt-get install libxine1 libxine1-ffmpeg rar unrar p7zip-full p7zip unace vlc vlc-plugin-esd vlc-plugin-sdl vlc-plugin-arts vlc-plugin-ggi vlc-plugin-glide vlc-plugin-svgalib mozilla-plugin-vlc

para instalar os pacotes proprietários da Micro$oft e da Adobe foi preciso adicionar no source.list o medibuntu, um repositório voltado para’ multimídia, entretenimento e distrações’. é um dos mais completos, com vááários pacotes. para adicioná-lo usei:

nome@máquina:~$ sudo wget http://www.medibuntu.org/sources.list.d/hardy.list -O /etc/apt/sources.list.d/medibuntu.list

importei a chave gpg do medibuntu:

nome@máquina:~$ sudo apt-get update && sudo apt-get install medibuntu-keyring && sudo apt-get update

quando o update terminou, surgiu na tela um aviso sobre a autenticação dos pacotes. aceitei e fui instalar os pacotes adobísticos e microsoftianos:

nome@máquina:~$ sudo apt-get install w32codecs libdvdcss2 acroread acroread-plugins mozilla-acroread

para terminar, o real player.

voilá!

da série ‘zica na gambiarra’: como instalar o real player no ubuntu 8.04

kernel panic, gambiarra, reinstalação, real player blá. :)

então, você tem o arquivo .bin nas mãos e não sabe o que fazer com ele? pois seus problemas acabaram! primeiro abra o terminal e logue como root:

fulaninho@maquina:~$ su
senha:

caso não tenha um usuário root, digite ‘sudo passwd root’ e defina uma senha. depois, entre no diretório onde você salvou o arquivo e modifique a permissão do RealPlayer11GOLD.bin para torná-lo executável:

root@maquina:# chmod a+x RealPlayer11GOLD.bin

agora é só executar o script:

root@maquina:# ./RealPlayer11GOLD.bin

e pronto, seu Real Player estará em Aplicações > Som e Vídeo.

da série ‘zica na gambiarra’: cadê a wireless que tava aqui?

graças ao vovô tino, comecei a arregaçar as mangas pra arrumar a wireless. eu e seu colega lemos alguns tutoriais e todos recomendavam a instalação do ndiswrapper, um ‘ativador’ que utiliza o driver do windows xp. nenhum deles funcionou.

leleobhz e soro (#ubuntu-br e #linuxers) foram os jós do dia, e me ajudaram a pôr ordem na casa. obrigada, meninos! :) segui esse linque aqui e deu tudo certo!

vamos lá?

abra o terminal e, caso você não tenha o build-essential, instale-o:

sudo apt-get install build-essential

em seguida, baixe o madwifi pelo wget:

wget -c http://snapshots.madwifi.org/special/madwifi-ng-r2756+ar5007.tar.gz

agora é só desempacotar com:

tar xvf madwifi-ng-r2756+ar5007.tar.gz

entre no diretório e digite:

sudo make
sudo make install
sudo modprobe ath_pci
sudo modprobe wlan_scan_sta

aqui correu tudo bem nesta parte, mas pode ser que esses dois últimos comandos dêem problema em alguns sistemas. se quiser checar, vá em sistema > administração > drivers de hardware, desative a ‘atheros hardware acess layer’ e tente novamente.

agora é reiniciar a máquina e curtir a sua conexão!

intés.

ps. sim, o rio de janeiro continua lindo.

da série ‘zica na gambiarra’: k3b gravando mp3

algumas coisas se perderam em meio ao último kernel panic, inclusive o k3b.
reinstalei usando:

sudo apt-get install k3b

lembrei do problema que tive ao tentar queimar um cd de mp3, por isso adicionei o pacote libk3b2-extracodecs pra que a gravação seja feita sem problemas!

ps. ainda não descobri o que tá acontecendo com a formatação do wordpress.. :~

da série ‘zica na gambiarra’: instalação do Java no Ubuntu 8.04

poisé, pessoas, como alguns/mas de vocês devem saber, gambiarra passou uns dias na UTI porque fui instalar o gentoo numa máquina virtual e crashei o sistema. um kernel panic brabo! :S
mas graças às ajudas de rogério, chronos, jiujitsuman, oandarilho01, ela ressuscitou!

precisei reconfigurar e reinstalar várias coisas, entre elas o Java. fiz o seguinte:

sudo apt-get install sun-java6-bin sun-java6-fonts sun-java6-jre sun-java6-plugin

e pronto! :)