da série ‘zica na gambiarra’: cadê a wireless que tava aqui?

graças ao vovô tino, comecei a arregaçar as mangas pra arrumar a wireless. eu e seu colega lemos alguns tutoriais e todos recomendavam a instalação do ndiswrapper, um ‘ativador’ que utiliza o driver do windows xp. nenhum deles funcionou.

leleobhz e soro (#ubuntu-br e #linuxers) foram os jós do dia, e me ajudaram a pôr ordem na casa. obrigada, meninos! :) segui esse linque aqui e deu tudo certo!

vamos lá?

abra o terminal e, caso você não tenha o build-essential, instale-o:

sudo apt-get install build-essential

em seguida, baixe o madwifi pelo wget:

wget -c http://snapshots.madwifi.org/special/madwifi-ng-r2756+ar5007.tar.gz

agora é só desempacotar com:

tar xvf madwifi-ng-r2756+ar5007.tar.gz

entre no diretório e digite:

sudo make
sudo make install
sudo modprobe ath_pci
sudo modprobe wlan_scan_sta

aqui correu tudo bem nesta parte, mas pode ser que esses dois últimos comandos dêem problema em alguns sistemas. se quiser checar, vá em sistema > administração > drivers de hardware, desative a ‘atheros hardware acess layer’ e tente novamente.

agora é reiniciar a máquina e curtir a sua conexão!

intés.

ps. sim, o rio de janeiro continua lindo.

Anúncios

wifi na linha de comando

vamos listar as possíveis conexões e conectar numa rede wireless?

abra o terminal e, usando o sudo ou root, digite:

iwlist scan

esse comando vai listar todas as redes possíveis de serem utilizadas. depois dê um:

iwconfig nome-da-sua-placa-de-rede essid “rede-escolhida”

geralmente o nome da placa é wlan0, mas também pode ser ath0 ou eth0, isso vai depender do driver. não estranhem: a “rede-escolhida” deve estar entre aspas mesmo!

depois, para sua máquina pegar automaticamente um IP, digite:

dhclient wlan0

se a rede não for protegida por senha, provavelmente estaremos conectadxs! se for, use o:

iwconfig nome-da-sua-placa-de-rede key senha

voilá!