da série ‘zica na gambiarra’: cadê a wireless que tava aqui?

graças ao vovô tino, comecei a arregaçar as mangas pra arrumar a wireless. eu e seu colega lemos alguns tutoriais e todos recomendavam a instalação do ndiswrapper, um ‘ativador’ que utiliza o driver do windows xp. nenhum deles funcionou.

leleobhz e soro (#ubuntu-br e #linuxers) foram os jós do dia, e me ajudaram a pôr ordem na casa. obrigada, meninos! :) segui esse linque aqui e deu tudo certo!

vamos lá?

abra o terminal e, caso você não tenha o build-essential, instale-o:

sudo apt-get install build-essential

em seguida, baixe o madwifi pelo wget:

wget -c http://snapshots.madwifi.org/special/madwifi-ng-r2756+ar5007.tar.gz

agora é só desempacotar com:

tar xvf madwifi-ng-r2756+ar5007.tar.gz

entre no diretório e digite:

sudo make
sudo make install
sudo modprobe ath_pci
sudo modprobe wlan_scan_sta

aqui correu tudo bem nesta parte, mas pode ser que esses dois últimos comandos dêem problema em alguns sistemas. se quiser checar, vá em sistema > administração > drivers de hardware, desative a ‘atheros hardware acess layer’ e tente novamente.

agora é reiniciar a máquina e curtir a sua conexão!

intés.

ps. sim, o rio de janeiro continua lindo.

Anúncios

da série ‘zica na gambiarra’: k3b gravando mp3

algumas coisas se perderam em meio ao último kernel panic, inclusive o k3b.
reinstalei usando:

sudo apt-get install k3b

lembrei do problema que tive ao tentar queimar um cd de mp3, por isso adicionei o pacote libk3b2-extracodecs pra que a gravação seja feita sem problemas!

ps. ainda não descobri o que tá acontecendo com a formatação do wordpress.. :~

da série ‘zica na gambiarra’: instalação do Java no Ubuntu 8.04

poisé, pessoas, como alguns/mas de vocês devem saber, gambiarra passou uns dias na UTI porque fui instalar o gentoo numa máquina virtual e crashei o sistema. um kernel panic brabo! :S
mas graças às ajudas de rogério, chronos, jiujitsuman, oandarilho01, ela ressuscitou!

precisei reconfigurar e reinstalar várias coisas, entre elas o Java. fiz o seguinte:

sudo apt-get install sun-java6-bin sun-java6-fonts sun-java6-jre sun-java6-plugin

e pronto! :)

reciclar ou não reciclar, eis a questão.

“Consumidores dos EUA ainda hesitam em reciclar eletrônicos

Verde talvez seja o novo preto, mas muitos consumidores dos Estados Unidos não estão reciclando seus velhos aparelhos eletrônicos, apesar das promessas de várias organizações quanto a maneiras simples de eliminar resíduos eletrônicos.

Colocar computadores, televisores e celulares no lixo é prática cada vez mais reprovada, e Estados como Massachusetts proíbem que aparelhos eletrônicos sejam jogados no lixo.

Como resultado, as autoridades locais nesses Estados organizam eventos nos quais aparelhos velhos podem ser entregues para reciclagem gratuita, e empresas e organizações de caridade de todo o país oferecem serviços de coleta e reciclagem de eletrônicos velhos.

Mas embora a maioria dos consumidores norte-americanos pareçam aprovar a reciclagem, muitos deles não a praticam. Stephen Baker, do grupo de pesquisa de mercado NPD, faz idéia do motivo.

“As pessoas não o fazem porque são preguiçosas. Quando chega a hora de agir, não há incentivo. A maioria das vezes, se livrar dos aparelhos custa dinheiro, e mesmo que não custe o consumidor teria de tomar uma atitude”, disse Baker.

Os consumidores dos EUA gastarão 171 bilhões de dólares em 500 milhões de aparelhos eletrônicos, em 2008, elevando ainda mais a pilha de 2,9 trilhões de dólares em itens como televisores, computadores e celulares que estão em operação, de acordo com a Consumer Electronics Association.

Muitos desses aparelhos serão adquiridos para substituir modelos existentes. Muita gente diz que vai manter os modelos substituídos para repassá-los a parentes. Os consumidores mais empreendedores e mais informados sobre a Internet muitas vezes os colocam à venda em sites como o eBay.com e o craigslist.org.

Mas embora a porcentagem de produtos eletrônicos velhos jogados no lixo possa ter caído a 19 por cento em 2007, ante 21 por cento em 2005, de acordo com a associação, consumidores dos EUA ainda jogam fora milhões de aparelhos como televisores e computadores, em companhia de suas embalagens de café e de doces.”

fonte: lista da metareciclagem.

ainda sobre os States: vale dar uma conferida no trabalho de chris jordan, um fotógrafo que faz montagens relacionadas ao fenômeno do consumismo americano.

update: enquanto isso, no terceiro mundo… a sucata tecnológica vira jóia nas mãos de artista brasileira.

quer saber se o fabricante do seu equipamento se preocupa com o ambiente? visite esta página do greenpeace e confira a última versão do termômetro.

conversão de arquivos .cdr para .svg com o uniconvertor

antes de ontem precisei abrir um arquivo .cdr no ubuntu e, através de karlisson, soube da existência do UniConvertor, um programinha que permite a importação de arquivos nos formatos:

  • CorelDraw ver.7-X3 (CDR/CDT/CCX/CDRX/CMX)
  • Adobe Illustrator
  • Postscript (PS)
  • Encapsulated Postscript (EPS)
  • Computer Graphics Metafile (CGM)
  • Windows Metafile (WMF)
  • XFIG
  • Scalable Vector Graphics (SVG)
  • Skencil/Sketch/sK1 (SK and SK1)
  • Acorn Draw (AFF)

e a exportação em:

  • AI (Postscript based Adobe Illustrator 5.0 format)
  • SVG (Scalable Vector Graphics)
  • SK (Sketch/Skencil format)
  • SK1 (sK1 format)
  • CGM (Computer Graphics Metafile)
  • WMF (Windows Metafile)

marcelo instalou sem maiores problemas, mas é claro que comigo tinha que ser diferente. :P tentei instalar os pacotes tar.gz e .deb mas não rodou, o jeito foi apelar pro pacote mandriva em .rpm!

em seguida, fui ao synaptic e baixei o alien, que converte .rpm em .deb. para instalar o uniconvertor usei:

sudo alien -i uniconvertor-1.1.2-1mdv2008.0.i586.rpm

e pronto, foi instalado! :)

para testar, executei a linha:

uniconv arquivo.cdr arquivo.svg

mas o resultado foi um .svg que não abre. vou pesquisar sobre isso e mais tarde dou um update!

wifi na linha de comando

vamos listar as possíveis conexões e conectar numa rede wireless?

abra o terminal e, usando o sudo ou root, digite:

iwlist scan

esse comando vai listar todas as redes possíveis de serem utilizadas. depois dê um:

iwconfig nome-da-sua-placa-de-rede essid “rede-escolhida”

geralmente o nome da placa é wlan0, mas também pode ser ath0 ou eth0, isso vai depender do driver. não estranhem: a “rede-escolhida” deve estar entre aspas mesmo!

depois, para sua máquina pegar automaticamente um IP, digite:

dhclient wlan0

se a rede não for protegida por senha, provavelmente estaremos conectadxs! se for, use o:

iwconfig nome-da-sua-placa-de-rede key senha

voilá!